• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Vasco derruba Corinthians em jogo adiado e sonha com vaga

O Vasco manteve a esperança de brigar por uma vaga na Libertadores ao derrotar o Corinthians por 2 a 0, em partida adiada da 18ª rodada e disputada na noite desta quarta-feira, em São Januário. Com a vitória, a equipe cruzmaltina chegou aos 41 pontos e agora ocupa o 11º lugar. O Timão completou sua sexta partida sem vitória e segue afastado das primeiras posições do Campeonato Brasileiro, ocupadas por Cruzeiro e Fluminense.

A equipe paulista continua em terceiro lugar com 49 pontos, mas já está sendo pressionada por clubes que estavam em posições inferiores na tabela e começam a encostar.

No centésimo jogo entre Vasco e Corinthians, o time da casa fez por merecer a vitória, principalmente pelo início arrasador que surpreendeu a equipe de São Paulo. Depois de abrir a vantagem, o Vasco soube administrar a vantagem com competência. Já o Timão, com muitos desfalques, mostrou uma equipe que se caracterizou pelo empenho mas sem qualquer objetividade.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Atlético Goianiense no Serra Dourada enquanto o Corinthians vai ao Brinco de Ouro encarar o Guarani.

O Vasco começou a partida tentando tocar a bola com velocidade com a intenção de levar vantagem sobre a defesa corintiana. Aos oito minutos, o time carioca teve a primeira grande chance com Zé Roberto que recebeu lançamento nas costas da zaga, entrou na área e chutou muito mal, isolando a bola quando tinha tudo para abrir o marcador.

No minuto seguinte, o time carioca marcou seu primeiro gol. Carlinhos lançou Zé Roberto que estava em posição irregular, não assinalada pela arbitragem, e o atacante encheu o pé sem dar qualquer chance de defesa para o goleiro Júlio César.

Depois de sofrer o gol, o time paulista tentou se organizar de forma mais ofensiva mas o Vasco continuou com maior posse de bola, com Éder Luís e Zé Roberto abertos pelas extremas para abrir espaços na defesa corintiana.

Aos 18 minutos, o Corinthians perdeu uma grande chance de chegar à igualdade quando Danilo cruzou para a entrada de Iarley que dentro da pequena área conseguiu chutar para fora. A resposta vascaína foi mortal. Aos 22 minutos,Felipe fez lançamento perfeito para Éder Luís que penetrou em velocidade pela esquerda e tocou na saída de Júlio César, ampliando a vantagem cruzmaltina.

Aos 27 minutos, o interino Fábio Carille foi obrigado a substituir o lateral Alessandro que sentiu uma lesão. O meia Boquita entrou em seu lugar e Jucilei foi jogar do lado direito mas quase que o Vasco marcava o terceiro aos 28 minutos quando Zé Roberto chegou a driblar o goleiro Júlio César mas perdeu o ângulo e acabou desperdiçando o lance.

O Timão que trocava muitos passes laterais por causa da dificuldade de penetração teve um bom momento ofensivo aos 32 minutos em chute forte de Boquita que assustou o goleiro Fernando Prass. O Vasco se retraiu para defender o resultado e o Corinthians passou a pressionar mas sem revelar qualquer objetividade, continuando a trocar passes na entrada da área da equipe carioca sem conseguir espaço para a conclusão.

O Corinthians voltou para o segundo tempo tentando ser mais rápido na troca de passes mas revelou os mesmos erros da primeira etapa enquanto o Vasco se plantou na defesa e procurava atrair o adversário para que Felipe tivesse espaço para lançar Éder Luís e Zé Roberto. Aos sete minutos, depois de boa troca de passes, Felipe rolou a bola para Felipe Bastos que chutou por cima do travessão.

Aos 11 minutos, Souza recebeu na área e caiu sozinho perdendo a chance de conclusão. Logo depois o atacante foi substituído pelo argentino Defederico. O ritmo caiu muito em relação ao primeiro tempo porque o Vasco mostrava uma certa acomodação com o resultado e preferia administrar a vantagem enquanto o Corinthians errava muitos passes e não conseguia se aproximar da área adversária em condições de conclusão, principalmente porque a saída de Souza deixou o time paulista sem uma referência na área.

Aos 35 minutos, o goleiro Fernando Prass evitou o primeiro gol do Corinthians ao espalmar um chute forte de Jucilei no primeiro lance de perigo criado no segundo tempo pela equipe paulista. Nos minutos finais, mesmo de forma tímida, o Corinthians pressionou em busca de, pelo menos, um gol, mas a bem armada defesa bascaína impediu que a equipe paulista conseguisse reduzir a vantagem.

Gazeta Esportiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: