• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Portuguesa faz jogo inteligente e bate Linense fora de casa

Eficiente essa pode ser a definição da vitória da Portuguesa sobre o Linense na noite deste sábado, em Lins. Com excelente aproveitamento, os lusitanos esfriaram a pressão dos donos da casa e impuseram um 3 a 1, com gols de André Bilinha (contra), Fabrício e Marcelo Cordeiro. Fausto descontou.

O jogo não teve nenhum time se destacando, mas o clube da capital se aproveitou de ter feito a vantagem no início do segundo tempo e selou o triunfo após o pênalti e a expulsão do goleiro Paulo Musse.

Com o resultado, a Lusa chega a seis pontos na classificação, enquanto o Linense permanece sem vencer e com apenas um. Na próxima rodada, a equipe do técnico Sérgio Guedes recebe a Ponte, enquanto o Elefante visita o Ituano.

O JOGO- As emoções começaram a todo vapor no estádio Gilbertão. Logo aos quatro minutos de jogo, Dodô recebeu passe de Ivo e, antes de finalizar, foi desarmado por André Bilinha. A bola, porém, enganou Paulo Musse e foi morrer no fundo do gol do Linense. No lance, o atacante da Lusa sofreu uma luxação no braço e teve de ser substituído.

Refeitos do susto, tanto do gol como da contusão de Dodô, os jogadores voltaram a mostrar o seu futebol. Melhor para o time da casa, que colocou pressão para cima dos visitantes e conseguiu o empate 15 minutos após ser vazado.

Autor do gol contra, André Bilinha fez boa jogada pela direita e cruzou para Gilsinho. O meia ajeitou para o meio onde estava o centroavante Fausto, que ganhou a disputada zaga e cabeceou para a meta adversária.

Ainda um pouco perdidos, os jogadores da Portuguesa não conseguiam se acertar no meio-campo. Marco Antônio, voltando de lesão, pouco produzia ao lado de Fabrício e Ivo, que não se aproximavam do isolado Kempes. Assim, o duelo foi para o intervalo empatado.

No segundo tempo, os lusitanos mostraram uma leve melhora, mas ainda viam o Linense tocar melhor a bola e ameaçar a sua retaguarda. Mas, em lance pela direita, o lateral Paulo Sérigo alçou boa bola para o apagado Fabrício ganhar da zaga de cabeça e mandar a redonda no canto, fazendo 2 a 1.

Depois de meia hora de jogo muito parado, uma pontada de emoção. Kempes foi derrubado pelo goleiro Paulo Musse na área. Pênalti e segundo amarelo para o arqueiro, que deu lugar a Fausto na meta do Linense, já que o técnico Vilson Taddei tinha feito as três alterações. Na cobrança, Marcelo Cordeiro bateu bem e selou o 3 a 1.

Fonte A Gazeta Esportiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: