• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Palavra do Torcedor!

Lanterna? To fora!

  É assim que o torcedor do Corvo viu o seu time bater o Taboão da Serra, fora de casa, por sonoros 3 a 0. Eu vou ser bem sincero, não vi o jogo, e duvido que mais de 100 pessoas se fizeram presentes hoje no Estádio José Ferez para vê-lo. A começar pela terrível fase dos times, o mandante era até então, vice-lanterna, seguido de perto pelo visitante, que carregava a luz da Segundona nas mãos. Os dois times também não favoreciam o espetáculo, mais o Flamengo ainda sim tinha um time “menos desqualificado” do que o Taboão da Serra. O gramado, se é que podemos chamar “aquilo” de gramado também não agradava. Todos os que acompanham futebol sabem que os clubes, para cobrir os buracos do gramado, utilizam areia. No caso do Estádio José Ferez, parecia que era o gramado quem estava cobrindo a areia, pois aquilo mais parece uma Arena de Beach Soccer, ou Futebol de Areia como queiram.

  Sorte da bola que hoje São Pedro resolveu colaborar e não mandou chuva para a região do estádio, por que, se tivesse chovido, meu Deus…

  A equipe do Flamengo não é ruim, porém apresenta algumas falhas clamorosas, e logo aonde jamais se poderia falhar, na zaga. Hoje, a dupla titular foi formada por Tiago Veras e Felipe, que deram conta do inoperante ataque do CATS. Os laterais são bons, especialmente o lateral direito, Cristovam. Os volantes, como diz o velho dito “Nem fedem, nem cheiram”. Jonatan e Rodrigo Sales pouco aparecem no jogo, se bem que hoje, Jonatan até gol fez.

  Adãozinho, no auge dos seus 42 anos já não é mais aquele velho e bom Adãozinho da época do São Caetano, mais ainda sabe bater bem na bola. Vinícius Ramos é uma agradável surpresa, finaliza muito ao gol, muitas vezes, erroneamente, mais quando acerta, é difícil de que algum goleiro defenda.

  Lauro César foi o melhor jogador do time no jogo de sábado passado, contra o mesmo CATS, aqui em Guarulhos, e hoje, novamente, deixou o seu gol. Felipe Desco entrou muito bem no jogo de sábado. Arrisco dizer que se não fosse sua entrada, o Flamengo não teria sequer empatado aquele jogo. Hoje pouco produziu mais em nada influenciou no jogo.

  O técnico Ronaldo Morais conseguiu dar uma boa moral para esses garotos. Diferente do seu antecessor, Ronaldo dificilmente grita em campo, e também não solta tantos palavrões como Rincón o fazia.

O torcedor tem sim motivos para se animar. O time mostrou garra, vontade e disciplina tática, algo que não se via antes da chegada de Ronaldo.

Concluo essa análise acreditando sim em uma reação do Corvo no campeonato. Reação que começou hoje, e tem que continuar. Já que no domingo, temos outro adversário direto na disputa. A Inter de Limeira, no Limeirão. Promessa de um grande jogo, onde, quem perder, se complica, e quem vencer, pode, por que não, sonhar com uma vaga no G-4.

 Guilherme Gomes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: