• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Raúl e Edu decidem e Schalke goleia a Inter na Itália.

Com menos tradição que a tricampeã Inter de Milão na Copa dos Campeões da Europa, o Schalke 04 apostava em Raúl para igualar o duelo de quartas de final no estádio Giuseppe Meazza. O camisa 7 correspondeu às expectativas, marcando o terceiro e participando do quarto gol do time alemão na vitória por 5 a 2 que encaminhou a passagem da equipe às semifinais. O brasileiro Edu marcou duas vezes e também foi importante na vitória alemã.

O 70º gol de Raúl na Champions League também foi o primeiro marcado no estádio milanês e ajudou na única vitória do espanhol neste gramado: havia perdido para a mesma Inter em 1999, para o Milan em 2003 e empatado com o rossonero em 2010, todos esses jogos pelo Real Madrid.

Nesta terça-feira, ele viu Stankovic abrir o placar do meio-campo no primeiro minuto de jogo, mas também assistiu ao zagueiro Matip empatar e a Diego Milito recolocar os donos da casa na frente, após passe de Cambiasso. Antes do intervalo, Edu empatou após ganhar de Chivu na corrida.

O romeno, mais uma vez, não fez boa partida e foi expulso após o gol de Raúl, aos oito minutos do segundo tempo, e de Ranocchia contra, após lançamento do espanhol para Jurado pela direita, aos 10. No clássico contra o Milan, no sábado passado, ele já havia recebido cartão vermelho.

Edu fechou o caixão aos 31 minutos do segundo tempo. Na partida de volta, em 13 de abril, o Schalke pode perder em casa por 3 a 0 ou 4 a 1 e, mesmo assim, chega às semifinais da Copa dos Campeões da Europa.

O jogo – Logo no primeiro minuto de jogo, Zanetti desarmou na defesa, passsou a Cambiasso, que lançou Milito. Neuer saiu da área para interceptar, mas a bola caiu aos pés de Stankovic. O sérvio bateu de lado, de primeira, do meio-campo, e abriu o placar para os italianos.

O Schalke respondeu com sua grande esperança. Uchida apoiou pela direita e cruzou para Raul. O camisa 7 se antecipou, mas não conseguiu marcar. Aos 7 minutos, Milito dançou pela esquerda, passou fácil por Uchida e Howedes, mas, após seu cruzamento, Cambiasso cabeceou por cima.

A defesa da Inter vacilou, aos 16 minutos, e deixou Papadopoulos cabecear da pequena área após cobrança de escanteio. Julio Cesar executou uma defesa dificílima, mas, no rebote, Matip empurrou para o fundo das redes e empatou. Os alemães passaram a pressionar, e quase viraram após um chute de Jurado, mas o goleiro brasileiro interveio mais uma vez.

Aos 24 minutos, Leonardo tirou Stankovic e colocou Kharja em campo. Pouco depois, Sneijder levantou para Cambiasso na direita, o argentino ajeitou de cabeça para o seu compatriota Milito, livre, fazer de chapa o segundo da Inter.

Antes do intervalo, Chivu permitiu que Edu fosse lançado às suas costas, e ainda desviou o chute do brasileiro, quase enganando Julio Cesar, que conseguiu dar um tapa na bola. No rebote, porém, o brasileiro bateu com o lado de fora do pé esquerdo para empatar.

Assim que os times voltaram dos vestiários, Sneijder lançou Milito, o argentino dominou e ficou cara a cara com Neuer, mas bateu de canhota ao lado do gol. Na jogada seguinte, outro passe do holandês, desta vez para Eto’o. O camaronês cortou para a perna esquerda e bateu no ângulo, mas Neuer foi buscar e evitou o nono gol do atacante nesta edição da Copa dos Campeões.

Aos 8 minutos, Farfan tabelou com Jurado e achou Raúl na entrada da área. Experiente, o camisa 7 ganhou de Chivu no movimento do corpo e bateu na saída de Julio Cesar. Pouco depois, o espanhol lançou Jurado pela direita, ele cruzou, Ranocchia tentou cortar, mas fez contra.

Com dois gols de vantagem, as coisas ficaram mais fáceis para os alemães aos 16 minutos, quando Chivu fez falta em Edu, recebeu o cartão amarelo e foi expulso pela segunda vez em quatro dias. Ele já havia sido mandado para fora no sábado, no clássico contra o Milan.

Bem em campo, Jurado pegou rebote da zaga interista e bateu de primeira, de fora da área, acertando o pé da trave direita de Julio Cesar. O jogo estava sob o controle do Schalke, e Farfan entrou com facilidade na área e bateu, o goleiro brasileiro deu rebote e o peruano ainda acertou a trave.

Na jogada seguinte, Baumjohann achou Edu na entrada da área, ele girou e bateu colocado para fazer o quinto dos alemães.

Fonte A Gazeta Esportiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: