• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Após fase de grupos, Santos e Cerro se reencontram na semifinal

Classificados no grupo 5 da Copa Libertadores da América, Santos e Cerro Porteño (Paraguai) voltam a se encontrar nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília), no Pacaembu. Desta vez, os dois times duelam pelas semifinais da competição, em busca de um lugar na decisão do principal torneio de clubes das Américas.

No Peixe, a recordação do último confronto com os paraguaios é tido como o ponto de partida para a reação da equipe dentro da Libertadores 2011. Isto porque, após a vitória sobre o Cerro, no dia 14 de abril, no Estádio Olla Azulgrana, em Assunção (Paraguai), os santistas abriram caminho para a classificação à fase de mata-mata do campeonato.

Naquela oportunidade, os alvinegros precisavam ganhar para se manterem vivos na Copa Libertadores. O Santos conseguiu a vitória, depois superou o Deportivo Táchira (Venezuela), ainda na fase de grupos, antes de eliminar América (México) e Once Caldas (Colômbia). O Cerro Porteño se classificou derrotando o Colo Colo (Chile), de virada, fora de casa, antes de superar Estudiantes (Argentina) e Jaguares (México) no mata-mata.

O goleiro Rafael, do Peixe, vê as duas equipes mais fortalecidas nesta semifinal e, por esta razão, prevê mais dificuldades para o Peixe. “Acho que com certeza será mais difícil. Estamos em uma semifinal de Libertadores, com a possibilidade de chegar a uma final tão importante. Os jogadores são os mesmos, eles cresceram na competição e nós também. Serão confrontos de muita qualidade e mais difíceis do que aqueles jogos da primeira fase”, disse.

Danilo, que vai atuar no meio-campo (Pará volta ao time na lateral-direita), concordou com Rafael e destacou que os santistas devem ganhar sem sofrer gols no Pacaembu para ter mais tranquilidade no jogo de volta, dia 1 de junho, em Assunção.

“O Muricy mesmo falou para a gente que agora é outra coisa. Na primeira fase, enfrentamos o Cerro Porteño em uma outra situação. No mata-mata é diferente. A técnica fica até um pouco de lado. A garra e a determinação prevalecem. São jogos distintos. Mas esperamos conquistar uma boa vantagem para decidirmos com um pouco mais de segurança lá. É importante vencer e não tomar gols”, analisou Danilo.

Já no Cerro Porteño, a missão é assegurar um bom resultado no Pacaembu, para tentar eliminar o Peixe jogando no Paraguai. Até porque o Cerro não faz uma boa campanha no seu campeonato nacional, onde ocupa a sétima posição.

Para alcançar esse objetivo, o técnico argentino do Cerro, Leonardo Astrada, poderá contar com a sua equipe completa diante os santistas. Por conta disso, o treinador deve manter a formação que eliminou o Jaguares na semana passada, nas quartas de final da Libertadores.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X CERRO PORTEÑO-PAR

Local: Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25 de maio de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)
Assistentes: Pablo Fandiño e William Casavieja (ambos do Uruguai)

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Danilo e Elano; Neymar e Zé Eduardo
Técnico: Muricy Ramalho

CERRO PORTEÑO-PAR: Barreto; Piris, Uglessich, Pedro Benítez e César Benítez; Cáceres, Burgos, Villarreal e Torres; Fabbro e Nanni
Técnico: Leonardo Astrada

Fonte A Gazeta Esportiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: