• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

Com show de Liedson, Timão goleia Tricolor e celebra “volta do freguês”

O atacante Liedson comandou um show do Corinthians sobre o rival São Paulo na tarde deste domingo. Com atuação de gala do camisa 9 e direito a falha feia de Rogério Ceni, o Timão goleou o rival por 5 a 0, no estádio do Pacaembu, e levantou a torcida alvinegra para gritar “o freguês voltou”.

 Apesar de melhor no primeiro tempo, a equipe do técnico Tite só marcou os gols na etapa final, quando o Tricolor já estava com um jogador a menos (Carlinhos Paraíba foi expulso pouco antes do intervalo). A torcida corintiana passou boa parte do segundo tempo gritando “olé”, diante do inofensivo time de Paulo César Carpegiani.

Danilo abriu o placar depois de fazer bela jogada contra a zaga adversária. Em seguida, Liedson comprovou seu faro de gol e anotou três vezes seguidas. Para aumentar a festa, Jorge Henrique fechou a contagem ao chutar de longe e aproveitar frango de Rogério Ceni, que no jogo anterior entre os clubes havia marcado seu centésimo gol da carreira (segundo suas contas).

Com o resultado, o Corinthians acabou com os 100% de aproveitamento do São Paulo e chegou aos 13 pontos, na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor segue na ponta, com 15, mas pode perder o posto, já que o Timão tem uma partida a menos (o clássico contra o Santos foi adiado).

Na próxima rodada do Nacional, na noite de quarta-feira, o Alvinegro enfrentará o Bahia, no estádio Pituaçu. No mesmo dia, o Tricolor irá encarar o Botafogo, no Morumbi.

O jogo:As duas equipes exibiram suas estratégias logo no início da partida. Empurrado pela torcida, maioria no Pacaembu, o Corinthians tratou de tomar a iniciativa do jogo, enquanto o São Paulo tentou superar os diversos desfalques com a tática de se defender, à espera do momento de contragolpear.

 O Timão, então, ameaçou logo no primeiro minuto, quando Willian ajeitou na intermediária para Paulinho, que encontrou liberdade para bater cruzado, exigindo boa defesa de Rogério Ceni. No lance seguinte, os corintianos pediram toque de mão da zaga são-paulina na área, mas o árbitro considerou o toque normal.

Na ideia de Carpegiani, o São Paulo responderia rapidamente pela direita com Marlos e pela esquerda com Fernandinho, que seriam responsáveis por municiar Dagoberto na área. Mas, como Fernandinho apareceu muito mal no jogo, as jogadas ficaram mais concentradas do outro lado, sem eficiência.

Em seu primeiro avanço efetivo, o São Paulo arriscou com Wellington, que fez fila na defesa corintiana, invadiu a área e deixou a bola escapar para o goleiro Julio Cesar. Do outro lado, Liedson dominou, girou e tentou o chute, mas foi travado pela defesa.

No melhor momento dos visitantes na etapa, Jean invadiu a área pela direita e cruzou na marca do pênalti para Dagoberto, que, pressionado por Chicão, furou o chute e desperdiçou. Instantes depois, Dagoberto recebeu, driblou o marcador e arrematou rasteiro, obrigando Julio Cesar a trabalhar no gramado molhado pela chuva.

Mas o Corinthians neutralizou o oponente ao voltar a concentrar a posse de bola em seu sistema ofensivo, arriscando mais batidas ao gol. Os alvinegros chegaram a pedir pênalti em queda de Willian na área, na disputa com Bruno Uvini. O árbitro mandou a partida seguir.

Sob garoa, o jogo esquentou, com discussões no gramado. Tudo culminou na expulsão de Carlinhos Paraíba, que já tinha cartão amarelo por um desentendimento com Paulinho e acabou excluído aos 40 minutos por consequência de um carrinho.

 O goleiro Rogério Ceni ficou revoltado com a decisão do árbitro Rodrigo Braghetto e foi até o meio-campo para reclamar, mas só conseguiu um cartão amarelo para si mesmo. A duas equipes voltaram ao segundo tempo sem alterações, e o Corinthians nem deu tempo para o rival pensar em campo.

Com menos de um minuto da etapa final, Jorge Henrique cruzou da esquerda para Danilo, que deixou Bruno Uvini no chão com um belo drible e só rolou fora do alcance de Ceni, também caído no gramado.

O gol abalou o São Paulo, e a equipe de Tite percebeu que era o momento de pressionar o adversário. Depois de cobrança de escanteio, Leandro Castán subiu com liberdade e cabeceou para fora. Com o Tricolor desorganizado e assustado, Jorge Henrique deu um tapa na bola em busca do canto, mas Rogério Ceni colocou para escanteio.

Assim, aos 8 minutos, o Timão ampliou a vantagem. Paulinho aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou no chão, exigindo ótima defesa de Rogério Ceni. No rebote, Liedson pegou a bola diante do goleiro caído e concluiu por cima para marcar o segundo gol.

Na comemoração, a torcida corintiana entoou “o freguês voltou” e fez gozações ao rival em referência à Parada Gay, evento que ocorreu na Avenida Paulista neste domingo. Carpegiani percebeu que seu time estava desmoronando em campo e tirou Marlos para apostar em Ilsinho.

Enquanto isso, o Corinthians manifestou a intenção de aplicar uma goleada e carimbou a trave em chute de longe de Ralf. Aos 15, Liedson recebeu na área, ajeitou e soltou um foguete, sem qualquer chance de defesa para Rogério Ceni: 3 a 0.

Aos gritos de “olé” das arquibancadas, a equipe alvinegra passou a tocar a bola, deixando o São Paulo sem alternativas. Em clima de festa, a torcida do Corinthians chegou a pedir para Rogério Ceni cobrar uma falta próxima à área de Julio Cesar, mas o capitão seguiu no gol e viu Dagoberto bater sem perigo.

 Se por um lado Carpegiani tentou minimizar o prejuízo com a troca de Fernandinho por Henrique, Tite levantou a torcida ao colocar Emerson em campo, na vaga do aplaudido Willian.

As mudanças não alteraram a tônica da partida. Aos 34, Danilo fez jogada pela esquerda e deu assistência na área para Liedson marcar seu terceiro gol no confronto. Como se o placar já não bastasse para os corintianos, Jorge Henrique chutou de longe e viu um frango de Rogério Ceni, que deixou passar, aos 37. Era o que restava para o Timão festejar até o apito final.

Gazeta Esportiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: