• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

À procura de meia, Felipão aguarda exames para confirmar Valdivia

A dificuldade do Palmeiras em vencer a marcação flamenguista e entrar na área adversária no 0 a 0 dessa quarta-feira confirmou para Luiz Felipe Scolari a necessidade de um armador. Já que Lincoln pede para não ser escalado, a solução é Valdivia. O problema são as lesões que o jogador teve na seleção chilena. Por isso, precisará do diagnóstico dos médicos do clube para saber se poderá jogar no domingo, contra o Fluminense.

“O que precisa ser feito são alguns testes, exames, já que eles não realizou nenhum desde quando voltou, para ver em que situação se encontra”, contou Felipão, que planeja a realização destas análises clínicas do Mago para esta quinta-feira antes de treiná-lo visando o jogo do fim de semana, em Volta Redonda.

Sem atuar pelo Verdão desde 1º de maio, quando lesionou o músculo da coxa esquerda ao dar um chute no vácuo no início da semifinal do Paulistão contra o Corinthians, o camisa 10 ficou fora das últimas 12 partidas da equipe. Na Copa América, defendeu a seleção chilena, inclusive em amistosos antes do torneio, mas nunca por 90 minutos.

“O Valdivia teve dois ou três problemas de lesão no Chile, mas não no mesmo local nem na mesma perna. Foi joelho, adutor…”, relatou Scolari, com a esperança de vê-lo em campo por, pelo menos, um tempo inteiro pela 11ª rodada do Brasileirão, diante do Tricolor das Laranjeiras.

“Hipoteticamente, pelo que ele nos disse sobre os médicos de lá, ele estava liberado para jogar 45 minutos e a prorrogação do último jogo [no domingo, contra a Venezuela]. Vamos partir daí para ver se já podemos contar com ele no domingo”, disse o técnico, que aprovou as participações de seu atleta na competição continental de seleções, na Argentina.

Entre os torcedores, a ansiedade por ver o ídolo novamente em ação é ainda maior. No Brasil desde terça-feira, o Mago esteve no Pacaembu para ver o empate sem gols da equipe. Ao descer das tribunas em que viu o jogo ao lado de dirigentes, foi abordado por palmeirenses que pediam fotos e seu retorno imediato aos campos. Apenas balançando a cabeça, ele prometia atender aos desejos deles.

É o que Felipão mais anseia. “Todos sabemos que o Patrik não é criativo. Finaliza bem e participa bem taticamente, qualidades que preenchem algumas situações nossas. Os nossos criativos são outros, mas não estão à disposição”, apontou o treinador, que, com o aval da diretoria, consentiu com a solicitação de Lincoln para evitar seu sétimo jogo no Brasileiro, ficando livre para defender outro clube da Série A – o meia, porém, tem treinado normalmente.

Fonte: A Gazeta Esportiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: