• Goma Publicidade

  • Oseg Corretora de Seguros

  • Anúncios

Sem sequência positiva, Tricolor se vê favorito à taça e pede calma

O São Paulo que começou o Campeonato Brasileiro com cinco vitórias seguidas vive fase irregular. Os resultados recentes, contudo, não mudam a convicção no clube: apesar dos quatro pontos conquistados nos últimos três jogos, o elenco é capaz de ser heptacampeão em 2011. Por isso, o pedido é de paciência e até satisfação pela terceira colocação atual.

“Estamos em terceiro lugar, não tem razão para desespero. O importante é lá na frente, em dezembro. E o São Paulo tem tudo para ser campeão”, argumentou Rivaldo, camisa 10 da equipe que está a três pontos – e com um jogo a mais – do líder Corinthians. O que não aflige.

“O importante é estar sempre lá na frente. Um campeonato como esse é decidido nos últimos dez jogos. Estamos bem tranquilos porque temos um bom time. Somos favoritos ao título”, insistiu o veterano. “Respeitamos Corinthians e Flamengo [que estão acima do Tricolor na tabela], mas o elenco do São Paulo é muito forte”, reforçou.

Após vencer seus cinco primeiros compromissos, o time perdeu três partidas consecutivas, ganhou as duas seguintes e, na sequência, empatou, triunfou e perdeu. Retrospecto que, por enquanto, é visto como normal, até com base nos resultados do Corinthians, que havia disparado e agora se aproximou de quem está abaixo dele depois de perder para Cruzeiro e Avaí.

“Pelo equilíbrio do campeonato, é difícil uma equipe disparar. Por isso, temos que brigar sempre no topo e encontrar o nosso melhor na reta final”, comentou Juan, campeão brasileiro com o Flamengo em 2009. “Precisamos pensar no título, entrar em campo pensando que podemos ser campeões. Com a força do nosso elenco, temos condições”, completou o lateral.

Nem os maus resultados em casa – são três vitórias, duas derrotas e um empate no Morumbi, contra cinco triunfos e duas derrotas como visitante – desanimam os jogadores, que ainda lidam com as consequências dos 2 a 0 impostos pelo Vasco no último domingo.

“Quando se perde em casa, é normal ficar triste e abatido, mas temos que levantar a cabeça porque o campeonato é longo. Faltam 25 rodadas ainda”, falou Rivaldo, campeão brasileiro pelo Palmeiras em 1994. “[Os tropeços em casa] Estão sendo compensados, senão estaríamos no meio da tabela. Mas temos tempo para tentar consertar e conseguir a vitória dentro de casa. Se conseguirmos, com certeza vamos ficar em primeiro lugar”, projetou o meia.

Fonte: A Gazeta Esportiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: